2007-11-08

DEUS PROTEJE OS ATEUS

Considerando que Fátima não possui qualquer valor, em termos turísticos - não tem, sequer, um monumento digno desse nome - quem lá vai é por uma de duas razões: ou para agradecer uma "graça" concedida, ou para pedir qualquer coisa. Parece que também há quem lá vá por curiosidade, ou para poder gabar-se junto da vizinhança, ou na tasca. Sem qualquer devoção, portanto.

Ora, quem vai pedir, pede o quê? O que parece óbvio: saúde, felicidade, protecção e... longa vida. Estes, os que vão agradecer ou pedir, são crentes. Acreditam, mesmo, que a "senhora" intercede junto de Deus para que o pedido seja satisfeito.

Parece que não, a julgar pelas tristes notícias. Várias dezenas de idosos, que tinham ido a Fátima com a melhor das intenções (agradecer, pedir, e contribuir, nas próximas "autárquicas", com uns votos para o senhor presidente) foram vítimas de um estúpido acidente. Uns morreram, outros ficaram feridos - com mais ou menos gravidade - sendo que alguns dos feridos já faleceram, à hora a que escrevo este "post".

É caso para perguntar: onde estava a "senhora de Fátima, onde estava Deus quando ocorreu o acidente?

Entretanto, um ateu salvou-se.

Apetece dizer: CONVERTEI-VOS, E SEREIS SALVOS.

Ou, se preferirem, JÁ NÃO SE INVENTAM DEUSES COMO ANTIGAMENTE..

2 comentários:

Carlos Esperança disse...

Se Deus existisse seria seguramente ateu.

RJ disse...

Caro José Moreira:
Queria apenas dizer que em Fátima há UM sítio que merece a visita.

Falo de um restaurante de grande qualidade, motivo da minha única visita a Fátima: A TIA ALICE.

Nem tudo podia ser mau naquela terra...
cptos